Ex-BBB, médica do “fique em casa”, tenta esconder hipocrisia, mas perde na justiça para Eduardo Bolsonaro

Ler na área do assinante

A ex-BBB Thelminha, conhecida como a médica do “fique em casa”, sofreu uma implacável derrota na justiça.

Thelminha entrou na justiça para excluir publicações feitas pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, nas redes sociais, onde a ex-BBB foi “desmascarada”.

A médica protagonizou uma campanha da Prefeitura de São Paulo em defesa do “fique em casa” e, na sequência foi flagrada de férias juntos com inúmeras pessoas em uma praia.

Na decisão, a juíza Paula Fernanda Navarro afirmou que não poderia promover a retirada do conteúdo, já que as declarações feitas pelo parlamentar eram verdadeiras.

A juíza ainda declarou que “o fato de Eduardo Bolsonaro externar essa opinião contrária ao pensamento da autora [Thelma] não é, por si só, passível de controle pelo Poder Judiciário”.

“Ambas as partes envolvidas no litígio são públicas e estão sujeitas a críticas positivas e negativas em suas atividades profissionais, podendo também exercer o direito de defender as suas opiniões, que foi exatamente a atitude da autora”, destacou a juíza.

Além da negativa sobre a exclusão do conteúdo, a magistrada também negou a decretação de segredo de Justiça sobre o processo, alegando que o fato das duas partes serem pessoas públicas não seria motivo suficiente para tal determinação.

Relembre a hipocrisia de Thelminha:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar