Medidas restritivas de João Doria já “quebraram” 30% dos bares e restaurantes de São Paulo

Ler na área do assinante

De 25 de janeiro a 7 de fevereiro, todas as cidades paulistas terão restrição de serviços presenciais que, durante a semana, funcionarão até as 20 horas e nos finais de semana e feriados, o dia e a noite. Isso significa dizer que os proprietários de bares, restaurantes, lojas, comércios não-essenciais e centros culturais de São Paulo, mais uma vez, terão que lidar com o retorno à fase vermelha, imposto pelo Governador João Dória (PSDB). Tudo, claro, em nome do combate à pandemia do coronavírus que, em março, completa um ano de “estado de exceção”.

A Associação Brasileira dos Lojistas Satélites (ABLOS) já se manifestou sobre a decisão e disse que a atitude de Doria vai “assassinar” os negócios de pequenos comerciantes.

Na prática, haverá demissões e encerramento de empresas porque os proprietários dos estabelecimentos não conseguem manter o salário dos funcionários e os impostos atrasados sem arrecadação. Por isso funcionários de restaurantes fizeram uma manifestação na sexta-feira (22), na Praça Vinícius de Moraes, para protestar contra mais uma intervenção do governador que, desde o início da pandemia da Covid-19, já fechou, ao menos, 30% dos bares e restaurantes de São Paulo.

“É justamente quando geramos faturamento para pagar as contas. Sem trabalhar no final de semana, nosso negócio fica inviável”, afirma Edrey Momo, do Grupo da Esquina e das pizzarias 1900.

Entidades como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Nacional de Restaurantes (ANR), Sindicato das Exibidoras Cinematográficas de SP (Seecesp) e o Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo (Sindilojas-SP) já se declararam contrários à nova medida, mas argumentaram que podem trabalhar seguindo as regras sanitárias em vigor.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora, você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar