A nova maldade de João Doria contra São Paulo começa amanhã

Ler na área do assinante

A partir de amanhã vem a nova maldade, pura e simples, do projeto de ditador contra o povo de São Paulo.

A medida decretada pelo tiranete Doria é de fechamento do comércio a partir de 20h até 6h, em dias de semana, e aos sábados, domingos e feriados nas próximas duas semanas.

Que se dane a falta de faturamento!

Que se danem os custos que os empresários têm.

Que se dane a saúde emocional das pessoas, com a sensação de desesperança!

Como é ruim a falta de engajamento do povo.

Se tivesse sido organizado um movimento uniforme e homogêneo em todo o Estado de São Paulo, poderia ter sido combinado de amanhã todos os comerciantes (ou a grande maioria deles), ao mesmo tempo, PERMANECEREM ABERTOS, com apoio da população, que entraria nos estabelecimentos para consumir e apoiar os seus proprietários e funcionários.

Seria impossível ao tirano mandar fechar tudo ao mesmo tempo.

Por que raios o povo não se organiza no Brasil e não toma a dianteira das coisas logo?

Por que ficam eternamente esperando o “Messias” (fazendo trocadilho com o nome do Presidente da República) chegar e, com um toque de mágica, mudar as coisas instantaneamente?

Por que o povo não enxerga que ele é o verdadeiro protagonista das coisas, e que nenhum governadorzinho mequetrefe pode proibir alguém de trabalhar?

Dessa vez, o tiranete avisou o que ia fazer com antecedência. A população teve tempo para organizar uma reação.

E o que ela faz? Nada. Aceitou passivamente a imposição de novas medidas ilegais e draconianas...

Como eu venho dizendo, é de fato assustador perceber a facilidade com que um povo é escravizado e subjugado.

Pois eu digo o seguinte: se morasse em São Paulo e tivesse algum comércio, abriria normalmente. O Estado que viesse com a sua força contra mim para fechar coercitivamente meu estabelecimento ou impor sanções!

Além de nem tudo na vida se resumir a aspectos financeiros, melhor ter um prejuízo econômico lutando contra uma tentativa ilegal de supressão da liberdade de trabalhar do que aceitando passivamente a situação.

É como penso.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Ler comentários e comentar