Brilhante, Alexandre Garcia revela: "O dia em que as Fake News correram soltas”

Ler na área do assinante

O jornalista e comentarista político, Alexandre Garcia, utilizou o seu canal do YouTube, com quase dois milhões de inscritos, para analisar a propagação de “Fake News” em relação ao Governo Federal, nesta quinta-feira (28).

“A gente incluindo Forças Armadas, hospitais universitários e federais, universidades federais, presídios, Ministério da Saúde e mais aquelas pessoas que, nos gabinetes, precisam almoçar no próprio gabinete... Dá umas 500 mil pessoas... Então, fizeram um ‘barulho’ danado e a gente vê que os gastos não são tantos”, afirmou.

Em seguida, Garcia explicou aos inscritos do canal que o leite condensado, cuja compra foi muito criticada nesta quarta (27), é um item muito utilizado pela Fundação Nacional do Índio (Funai) para enviar leite a comunidades indígenas distantes e de difícil acesso; uma vez que leite líquido perece mais rápido.

“Agora, todo mundo fica sabendo que enviar pra Amazônia, inclusive, a Funai leva leite condensado porque o leite comum não dá naquela região tão quente assim. Se ficar armazenado, estraga.”

E completou:

“O presidente botou (tudo isso) leite condensado na piscina pra nadar?”, disparou, questionando a narrativa de alguns veículos de comunicação e opositores.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar