O humilhante “cala a boca” do embaixador da Índia em William Bonner (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Num melancólico editorial, o editor do Jornal Nacional, William Bonner, disse em tom fúnebre e aterrorizante, que o presidente, Jair Bolsonaro, e seu ministro, Ernesto Araújo, haviam minado as relações com a China e a Índia.

“Neste momento, o Brasil depende da Índia para receber vacinas, e depende da China para receber matéria-prima de vacinas. Não é uma situação confortável por causa dos rumos que o governo Bolsonaro deu à nossa diplomacia”, disse Bonner.

A crise propalada pela Rede Globo foi imediatamente negada pelo chanceler brasileiro.

O que se viu na sequência é que tudo não passava de mais um ataque rasteiro da emissora.

Tudo deu certo. O Brasil conseguiu os insumos e as vacinas.

O presidente Jair Bolsonaro não perdoou:

"Queria falar para o William Bonner que conseguimos os insumos da China, além das vacinas da Índia. Ele falou que nós não tínhamos... que as relações estavam estremecidas. William Bonner, tu continua sendo um sem-vergonha, sem palavra, tá ok?", disparou Bolsonaro.

A Globo mais uma vez perdeu e saiu do embate ainda mais desacreditada.

Porém, o pior para Bonner e a Globo ainda estava por vir...

Nesta sexta-feira (29), o embaixador da Índia no Brasil, Suresh Reddy, enalteceu nas redes sociais a parceria entre os dois países, que, na visão dele, será "uma das definidoras deste século".

Noutras palavras, mandou Bonner calar a boca.

Veja o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar