Ratinho defende Bolsonaro e faz alerta para estados e municípios sobre os efeitos econômicos da pandemia (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O apresentador Ratinho nunca teve "papas na língua" e, quando precisou criticar ou elogiar, sempre o fez de forma pontual e contundente.

Recentemente, durante o seu programa, exibido no SBT, o apresentador saiu em defesa do presidente:

“Eu sou brasileiro, eu torço pelo Brasil!”

Ratinho demonstrou sua revolta com aqueles que só sabem criticar e não reconhecem as ações do governo no combate à pandemia:

“Uma luz no fim do túnel se acendeu com o início da campanha de vacinação. O presidente Jair Bolsonaro tem recebido todo os tipos de críticas. O governo, o Ministério da Saúde tem sido depreciados constantemente pela oposição e por parte da imprensa que não tem reconhecido a verdadeira importância do trabalho que está sendo realizado. É de perder a paciência”, afirmou.
“O governo federal já garantiu 300 milhões de doses da vacina contra o covid-19 para este ano. Tá garantido”, disse.

Implacável, o apresentador aproveitou para lembrar que o governo federal não é, e nem deve ser, o único responsável pelas ações no controle da doença, e lembrou que estados e municípios, além de outras autoridades, deveriam parar de perder tempo combatendo o presidente e começarem a se preocupar com os efeitos econômicos que a pandemia vem gerando, além das inúmeras denúncias de desvios de verbas enviadas pelo executivo nacional:

“O que você acha de cidades que receberam verbas do Governo Federal e compraram respiradores em adegas de vinho? […] O presidente da República não pode fazer nada sozinho. O apoio, nesse momento de crise, tem que vir de toda sociedade. Porque é muito fácil apontar o dedo e culpar quem não tem culpa, né? Desde o início da pandemia fizeram de tudo que foi possível para atrapalhar as providências do Governo Federal. A Justiça, a oposição e governadores de alguns estados parecem que estão todos unidos naquela: quanto pior, melhor. Então, fecham empresa, fecham comércios, quebram indústrias. Tem muita gente torcendo pelo caos”, concluiu ele.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar