Bolsonaro sem 'papas na língua': "Se fosse seguir exemplo de presidente, seria cachaceiro hoje em dia"

Ler na área do assinante

O presidente Jair Bolsonaro resolveu responder às críticas incessantes que vem recebendo por parte da ‘mídia do ódio’ durante a última semana, sobre a polêmica em relação à compra de leite condensado efetuada pelo governo federal.

Sem fazer menção direta à Lula, que foi condenado por corrupção na operação ‘Lava Jato’, o presidente ironizou aqueles que criticam a sua forma de governar, dizendo:

“Se fosse seguir exemplo de presidente, seria cachaceiro hoje em dia”, disse ele, satirizando.

Na mesma ocasião, Bolsonaro aproveitou para explicar sua fala, ao mandar a imprensa ‘enfiar no rabo’ o leite condensado.

Segundo ele, foi um momento de raiva por todos os ataques injustos sofridos pelo seu governo, já que a compra foi realizada para alimentar 370.000 soldados, e não para uso próprio, conforme a conotação que quiseram dar para o caso.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar