Marta Suplicy em ‘quando as vaias viram rotina’

Discursando neste domingo (1), em ato organizado pela Força Sindical, a senadora Marta Suplicy experimentou novamente o cruel e amargo sabor das vaias.

A ex-prefeita foi mais uma vez hostilizada, fato que tem se tornado rotina em suas aparições públicas, principalmente quando resolve empunhar o microfone e destilar demagogias.

A ida justamente para o PMDB fez Marta perder o resquício de credibilidade que ainda detinha.

As vaias do dia 1º de Maio começaram quando a peemedebista, que pretende ser a candidata do partido à Prefeitura de São Paulo, foi anunciada, e continuaram durante seu breve discurso.

Marta disse que ‘o país tem jeito’ e que ‘daqui a dez dias teremos mudanças’, sempre calorosamente vaiada.

Ninguém mais a leva a sério...

Só ela não percebeu. 

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online

da Redação

Comentários

Leia mais...

Mais em Política