O deprimente dilema da Globo quando precisa citar uma ação positiva do Governo Bolsonaro

Ler na área do assinante

É de causar estranheza e supera a falta de ética, a capa do Jornal O Globo cuja matéria principal está estampada da seguinte forma:

“País agiliza liberação e compra de mais vacinas”.

Veja que a ordem “sujeito-verbo-complemento” foi tirada do contexto, dando, origem a um novo tipo de linguajar, uma nova articulação gramatical que, certamente, aos leitores fica difícil identificar de quem se trata.

Mas, engana-se quem pensa que o dilema é apenas do leitor para entender o texto. Imaginem só o esforço que o editor do jornal faz para divulgar uma notícia importante para a sociedade, sem poder mencionar que a ação é do Governo Federal!

Colocar azeitona na empada do presidente Jair Bolsonaro. Nem pensar!!

O editor pensou, pensou e, finalmente, saiu “país”, essa coisa esquisita e esse sujeito meio indefinido.

Excelente! Ninguém entende, poucos leem, mas o mais indispensável é que ninguém vai saber que foi o Governo Bolsonaro.

Será?

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar