Lula dá as cartas no PT e manda Haddad se preparar para novamente ser o seu "poste" em 2022

Ler na área do assinante

Se a 'manobra' no Supremo Tribunal Federal (STF) não der certo, Lula já tem um substituto para a próxima eleição presidencial de 2022: Fernando Haddad deverá concorrer contra o atual presidente, Jair Bolsonaro, assim como fez em 2018.

Bolsonaro e Haddad se enfrentaram no segundo turno da eleição para presidente. Sendo que o primeiro, conseguiu 56% dos votos válidos, enquanto que o petista conquistou quase 45%.

Haddad revelou que foi o próprio Lula quem o convidou para se candidatar novamente.

“Ele (Lula) me chamou para uma conversa no último sábado (30) e disse que não temos mais tempo para esperar. Ele me pediu para colocar o bloco na rua e eu aceitei”, contou.

Lula está enquadrado na Lei da Ficha Limpa, por isso, está inelegível. A defesa dele tenta anular o julgamento; acusando o ex-juiz Sergio Moro e procuradores da “Operação Lava Jato” de suspeição.

O STF deve julgar a questão ainda neste 1º semestre.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Yahoo

da Redação
Ler comentários e comentar