Guedes poderá retomar auxílio emergencial a quase 34 milhões de brasileiros

Ler na área do assinante

Em reunião com o novo presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), Paulo Guedes avisa que pode retomar o auxílio emergencial para quase 34 milhões de cidadãos.

"O auxílio emergencial, se nós dispararmos as cláusulas necessárias, dentro de um ambiente fiscal robusto, mais focalizado, em vez de 64 milhões [o número oficial de beneficários é 67,9 milhões], pode ser a metade disso. Porque a outra metade retorna para os programas sociais já existentes. Isso nós vamos nos entender rapidamente porque a situação do Brasil exige essa rapidez", afirmou Guedes, ao lado de Pacheco, na noite desta quinta-feira (4).

O Governo Federal já havia encerrado o programa e investido R$ 294 bilhões, principalmente, trabalhadores informais e população de baixa renda, para minimizar os efeitos da pandemia da Covid-19. Se metade dos brasileiros voltarem a receber o benefício, quase 34 milhões serão contemplados.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: R7

da Redação
Ler comentários e comentar