“Lula se porta como se não fosse o primeiro presidente que virou ex-presidiário”, dispara Augusto Nunes. (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Apesar de o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, ter negado, nesta sexta-feira (5), pedido do ex-governador do estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, para ter acesso às mensagens obtidas pela “Operação Spoofing” que o mencionam, o integrante da Corte acatou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha acesso total ao material.

O comentarista Augusto Nunes, do programa “Os Pingos nos Is”, da Jovem Pan, opinou sobre o caso e disse que não há “compromisso nem com a vergonha e nem com a coerência” na decisão do ministro. Além disso, ele afirma que Lula é tratado como uma “pessoa incomum”, sobretudo pelos ministros que indicou ao Supremo.

“Ele pode tudo: requisita material e, embora não saiba ler, os advogados traduzem para ele. Ele se porta como se fosse apenas um ex-presidente e não como se fosse o primeiro ex-presidente que virou ex-presidiário e que só saiu da prisão por causa de pessoas como Lewandowski. Por que não estender ao Cabral a complacência com a qual o Lula foi tratado? Solta todo mundo. Se é pra soltar bandido, não há porque discriminar os marginais em geral”, comentou Augusto.

O comentarista também falou sobre a declaração de Fernando Haddad, que teria recebido orientação de Lula para “rodar o País” e se apresentar como potencial candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) à presidência em 2022, caso Lula não restitua seus direitos políticos.

“Ele me chamou para uma conversa no último sábado e disse que não temos mais tempo para esperar. Me pediu para colocar o bloco na rua e eu aceitei”, afirmou Haddad.

Para Augusto, o PT “não tem chance alguma” de chegar ao segundo turno.

“O Haddad como candidato, qual é a chance deles? Zero. Até porque vão [os partidos de esquerda] rachar de novo, o Ciro [Gomes] não abre mão, o Lula botou na cabeça que o PT tem que ser hegemônico em qualquer chapa e vai levar o PT a mais uma derrota, seja qual for o adversário”, disse Nunes.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar