Autoritário, Doria quer afastamento de Aécio do PSDB, por suposta articulação em favor de Lira

Ler na área do assinante

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse, nesta terça-feira (9), que pediu o afastamento do deputado Aécio Neves (PSDB-MG) do partido, em reunião com correligionários e líderes da sigla, no Palácio dos Bandeirantes, na noite de ontem.

De acordo com aliados de Doria, Aécio Neves teria sido o responsável por uma articulação nos bastidores para a eleição de Arthur Lira (PP) à presidência da Câmara. O concorrente era o deputado Baleia Rossi (DEM), que os tucanos apoiavam.

“Pedi o afastamento”, afirmou o governador após ser questionado se queria a expulsão de Aécio do partido.

Em seguida, falou:

“Entendo que o PSDB não deve abrir espaço para ações desse tipo. O PSDB é um partido com direcionamento e com uma posição, embora possa ter discussões, debates, isso faz parte do processo de qualquer partido. Mas, você não pode ter dissidências”, alegou Doria.
“Deputados ou senadores ou quem quer que seja filiado ao PSDB defendendo o oposto. Isso não é partido. Então, aqueles que têm pensamento distinto, tenham dignidade e coragem e peçam pra sair”, disse.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar