A mais lúcida explicação sobre a importância da autonomia do Banco Central (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Jornalista e comentarista José Maria Trindade, fez importante esclarecimento sobre a necessidade de autonomia do Banco Central, no programa da Jovem Pan, “Pingos no Is”, desta terça-feira (9).

Trindade disse que essa ideia do Banco Central inteligente surgiu em países industrializados que queriam, de certa forma, proteger a moeda e impedir que governantes fabricassem papel-moeda ou emitissem títulos, de forma a cobrir gastos exagerados.

Para evitar que governantes emitam títulos, indiscriminadamente, o comentarista informa que existe o lastro em dólar.

“Alguns países adotaram o dólar como lastro.”

Mas, o certo é que, para não ter impasse de decisão entre o presidente da República e o presidente do Banco Central, a instituição financeira deveria ser independente e presidente e diretores com mandatos.

“O Congresso aprova a indicação deles e, a partir daí, têm mandatos que não coincidem com os do presidente da República.”
“Significa que um presidente da República, quando chega, ele não pode interferir na nomeação de um presidente do Banco Central. Mais ou menos, como nas agências reguladoras.”

Essa independência fará do presidente do Banco Central como um “guardião da moeda”, evitando a inflação.

“Ou seja: protegendo o valor real, o valor de compra da moeda e também garantindo que não seria de forma política utilizada política monetária. A ideia do Banco Central é não dar “solavancos”: o dólar não pode subir de uma vez e cair de uma vez porque quebra empresas”, explicou.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar