PRF prende foragido que usava nome falso há 12 anos e esposa fica em choque

Ler na área do assinante

Na última quarta-feira (10), a Polícia Rodoviária Federal. Durante uma abordagem em uma blitz, na BR-381, em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, acabou por descobrir um foragido que usava documentos falsos há mais de uma década.

O homem, de 38 anos, e a companheira que estava com ele no veículo, viajavam de Janaúba/MG para Itanhaém/SP, quando foram parados pela PRF. Durante a abordagem, o homem apresentou um documento falso. Foi nesse momento que os agentes policiais descobriram que ele usava os dados de um sobrinho, há 12 anos, para se esconder da polícia.

Segundo apurado, o homem é foragido do presídio de Janaúba, onde cumpria pena por latrocínio.

Após fugir, ele se mudou para São Paulo, onde passou a usar a identidade do sobrinho, e conheceu a atual companheira, com quem vivia há 3 anos.

A mulher relatou que ficou em estado de choque ao saber que o homem tinha um nome diferente e era foragido, pois nunca desconfiou de nada, já que os parentes sempre se referiam a ele por apelido.

O homem foi levado para a sede da Polícia Federal e vai responder também por uso de documentos falsos.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar