Os 7 fatores que elegeram Bolsonaro e que até hoje são negados pela grande mídia e pela esquerda (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em 2013, quando o povo começou a ir às ruas protestar pelos desmandos do governo Dilma. Isto gerou no povo brasileiro um sentimento de conscientização de sua força nas ruas.

No final de 2014, um deputado federal do baixo clero decidiu que iria se candidatar à Presidência da República em 2018. Seu nome: Jair Messias Bolsonaro.

Homem simples, que cultuava os tradicionais valores da família tradicional brasileira, valores religiosos e patriotismo. Um homem que falava a linguagem do povo e correspondia exatamente os anseios de uma sociedade esgotada, indignada e injustiçada com tanto desrespeito por parte dos políticos que comandavam o país.

Os fatores que elegeram o homem que foi carregado nos aeroportos de todo o país são ignorados pela grande mídia e pelos opositores.

O homem que passou a ser chamado de Mito se elegeu pelos seguintes motivos:

1) O esgotamento da população com escândalos de corrupção do país, patrocinados principalmente pelo PT, de 2003 a 2018;
2) O despertar da população ao perceber que o PT não tinha oposição e que o PSDB era cúmplice;
3) As manifestações populares no processo de impeachment criaram na população um sentimento de conscientização e mobilização;
4) O surgimento das mídias sociais que acabaram com o monopólio da grande mídia;
5) O fato da grande maioria da população brasileira, mais de 90%, ser cristã, com tendência conservadora, cultuando valores como a família;
6) Na falta de um partido conservador, a população escolheria um líder que representasse os seus anseios por mudança; e
7) O lançamento antecipado da candidatura de Bolsonaro, que teve tempo de percorrer todo o país e sedimentar a sua candidatura como uma opção viável e real.
Neste contexto, candidatos “não-políticos” e fora do establishment se elegeram. É certo que isso causou uma “desacomodação” no mundo político que gerou, por exemplo, traições.

Por outro lado, um governo federal foi pela primeira vez montado com um primeiro escalão técnico.

Pode-se dizer, que o governo Bolsonaro é um governo de transição na história. Esperamos que as relações políticas e de gestão mudem para sempre depois da “Era Bolsonaro”.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de Emílio Kerber Filho

Emílio Kerber Filho

Escritor. Jornalista. Autor do livro "O Mito - Os bastidores do Alvorada".

Ler comentários e comentar