Eduardo Cunha, o novo Roberto Jefferson

Caso Eduardo Cunha não consiga reverter o seu afastamento do mandato e da presidência da Câmara dos Deputados, os dias que se avizinham serão de puro terror.


O deputado não se deixará abater e, não tenham dúvidas, ‘vai morrer atirando’.

Se Cunha desandar a falar, teremos certamente uma repetição de Roberto Jefferson no episódio do ‘mensalão’, em proporção infinitamente maior. 

A devassa será geral.

Não vai ficar pedra sobre pedra. 

É só aguardar...

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

                                   https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline


Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política