Marco Aurélio escancara "combinação" no STF para votação da prisão de Daniel Silveira

Ler na área do assinante

Na última quarta-feira (17) o plenário do Supremo Tribunal Federal manteve a prisão do deputado federal Daniel Silveira, por uma votação de 11 votos a zero, concluída em apenas 44 minutos.

A prisão foi decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, na última terça-feira (16),em razão de um vídeo publicado pelo parlamentar, em que expressava sua opinião sobre o STF.

Logo após encerrada a votação, o ministro Marco Aurélio falou sobre a rapidez da votação, algo incomum no STF:

"Não tenho a menor dúvida de que os ministros combinaram que confirmariam a prisão de Daniel Silveira. Não tivemos aquelas ladainhas. Eles conversaram entre si. Não falaram comigo, porque não admito conversas na minha vida de juiz”, afirmou ele.
“Não quero estar atrelado a nada. Quero estar solto na bancada. Mas não tenho a menor dúvida de que os ministros combinaram que confirmariam a prisão. Não somos ingênuos”, finalizou.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Uol

da Redação
Ler comentários e comentar