Bolsonaro age, nomeia general Heleno para o Conselho da República e pode mudar o rumo de tudo (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Nesta sexta-feira, 19, o presidente da República, Jair Bolsonaro, nomeou o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf, para integrarem o Conselho da República.

A decisão foi publicada no DOU (Diário Oficial da União).

O Conselho da República foi criado por lei em 1990 para deliberar sobre intervenção federal, estado de defesa, estado de sítio e questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas.

O colegiado é presidido pelo próprio presidente da República.

Ao todo, o conselho é composto pelo vice-presidente da República, pelos presidentes da Câmara e do Senado, os líderes da maioria e da minoria da Câmara e do Senado, o ministro da Justiça e seis cidadãos brasileiros maiores de 35 anos de idade.

Todos eles terão mandato de três anos, vedada a recondução.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Uol

da Redação
Ler comentários e comentar