Justiça nega e o povo se junta na luta pela vida do pequeno João Emanuel

Ler na área do assinante

Na última quarta-feira (17), a família de João Emanuel Rasch Schropfer recebeu uma péssima notícia.

Desde o nascimento do pequeno, sua família luta para conseguir o dinheiro para a compra do remédio necessário para o tratamento da doença que possui, Atrofia Muscular Espinhal (AME), do tipo 01.

Atualmente, João Emanuel está com 1 ano e 6 meses, e deve tomar o remédio, chamado Zolgensma, antes de completar 2 anos. O medicamento é considerado o mais caro do mundo, com um custo de R$ 12 milhões.

Com campanhas de arrecadação que já realizaram brechós, pedágios solidários, rifas e outros meios para tentar alcançar o valor, a família e apoiadores já conseguiram juntar pouco mais de R$ 7 milhões.

O problema é que, agora, a Justiça indeferiu o pedido para a complementação do valor restante para a compra do remédio.

A família, que é moradora da pequena cidade de Lindolfo Collor, no interior do Rio Grande do Sul, recebeu a notícia com revolta e afirmou que irá recorrer da decisão.

Porém, como a situação se resume em uma luta contra o tempo, enquanto o recurso é analisado, as campanhas de arrecadação continuam.

Veja as maneiras como você pode ajudar e ajude a salvar uma vida:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/unidos-pelo-joao-ame

https://melhorpresente.org/website/eventdetail.php?id=238

A contribuição também pode ser através desses canais:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar