Lira acertou, ao menos, na atenção dispensada a Kim... Foi tratado como “moleque” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Sempre contido em suas palavras e ações, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PSL-RJ), perdeu a paciência com o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), durante a sessão que debatia a manutenção da ordem de prisão contra o parlamentar Daniel Silveira (PSL-RJ).

Kim Kataguiri havia se inscrito, anteriormente, para defender o relatório da deputada Magda Mofatto (PL-GO). Porém, ao apresentar o voto, se disse contrário à visão da relatora e quis mudar a opinião em plenário. Rápido, o presidente negou a fala e explicou ao rapaz que aquele era o momento de se manifestarem apenas os que fossem a favor do relatório.

“Eu disse que nós teremos que ser rigorosos no tempo para encaminhar... Como nós temos, aqui, deputado Kim, sobre a mesa requerimento de encerramento de discussão, vossa excelência desequilibraria a fala dos outros parlamentares. Então, ou vossa excelência fala em favor do relatório ou abre mão da fala. É regimental”, disparou.

O jovem ainda tentou argumentar a mudança inesperada do voto, mas foi “cortado” pelo discreto Arthur Lira.

“Vossa excelência, se inscreveu sem saber do relatório, deputado Kim”, disparou, mandando cortar o microfone de Kim.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar