Morre dona Miguelina, mãe de Ronaldinho Gaúcho

Ler na área do assinante

Morreu aos 71 anos a mãe do craque Ronaldinho Gaúcho, eleito por duas vezes o melhor jogador de futebol do mundo. Dona Miguelina, faleceu neste sábado (20) devido a complicações do novo coronavírus (covid-19) e estava internada desde dezembro do ano passado no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre.

As redes sociais do jogador estão em luto.

O Atlético-MG, time pelo qual Ronaldinho foi campeão da Libertadores da América, prestou condolências ao R10, que também recebeu a solidariedade do ex-presidente do clube e hoje prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil.

"Ronaldinho, meu filho, eu sei o que é perder uma mãe. Meus sentimentos nesse momento tão difícil", disse Kalil em uma postagem no Twitter.

Campeão com a Seleção Brasileira em 2002, Ronaldinho ainda não se pronunciou sobre a morte da mãe.

No entanto, as fotografias de perfil do Instagram e do Twitter do Bruxo da Bola foram alteradas por uma imagem escura.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Agência Brasil

da Redação
Ler comentários e comentar