Coppolla volta a brilhar e detona argumentos da "mídia do ódio" sobre indicação de general à presidência da Petrobras (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

No programa “Liberdade de Opinião”, de segunda-feira (22), o comentarista Caio Coppolla fez brilhante argumentação sobre a indicação do general Joaquim Silva e Luna para a presidência da Petrobras.

“Considerando a sua declaração infeliz (do presidente da Petrobras) sobre o problema dos caminhoneiros e tendo em vista que seu mandato de dois anos na presidência da estatal se encerra mês que vem – mais precisamente em 20 de março –, qual o problema em substituí-lo, sendo que essa é uma prerrogativa do poder Executivo? E outra: desde quando substituir a direção da Petrobras é sinônimo de interferir nos preços? Não seria mais plausível interpretar a troca do comando da Petrobras em fim de mandato e a isenção temporária de PIS/Cofins como um aceno do presidente da República aos caminhoneiros para prevenir um mal maior, uma greve nacional que traria prejuízos bilionários ao Brasil”, disparou Coppolla.

E completou:

“O senhor Jair Bolsonaro, reiteradamente, tem garantido à sociedade e ao mercado, que vai “continuar sem interferir, interferência zero”. Quem defendia e defende interferência do governo nos preços da Petrobras são todas as lideranças da esquerda brasileira, derrotadas em 2018 nas urnas: Guilherme Boulos, Marina Silva, Ciro Gomes e, principalmente, Fernando Haddad... Se o presidente da República alterar os preços da Petrobras na ‘canetada’, eu serei o primeiro a criticar. Até porque, não faz sentido: menos da metade do preço do diesel na bomba corresponde ao valor na refinaria. O verdadeiro problema que encarece o combustível nacional são os impostos, principalmente, a tributação nos estados”, explicou.

Sobre a queda de 20% das ações da Petrobras, Coppolla declarou:

“O fato é que, se não houver interferência nos preços da Petrobras, como prometido repetidamente pelo presidente da República, e se o general Luna e Silva realizar uma boa gestão, como sugere a sua biografia e as suas referências, o mercado vai oscilar de volta e a empresa vai recuperar o valor perdido nos últimos dois dias, como já aconteceu em outros momentos de especulação na bolsa, muitas vezes por causa de histeria, comportamento de manada e desinformação”, finalizou.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: CNN

da Redação
Ler comentários e comentar