Para a agonia da "esquerdalha", inquérito contra Weintraub é arquivado

Ler na área do assinante

O Ministério Público Federal (MPF), decidiu pelo arquivamento do inquérito contra o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, em que era apurada a suspeita de crime de racismo.

A ação foi baseada em uma publicação do então ministro em sua conta do Twitter, que foi entendida, por alguns, como um ato de racismo, por satirizar o modo de falar dos chineses:

“Geopoliticamente, quem podeLá saiL foLtalecido, em termos Lelativos, dessa crLise mundial? PodeLia seL o Cebolinha? Quem são os aliados do BLasil do plano infalível do Cebolinha paLa dominaL o mundo?”, escreveu Weintraub em publicação no Twitter, em abril de 2020, utilizando o personagem Cebolinha, de Maurício de Sousa.

Confira:

Nas investigações, a Polícia Federal concluiu que não havia elementos suficientes para o indiciamento do ex-ministro pelo suposto crime.

Com base na ação, a Procuradoria da República no Distrito Federal promoveu o arquivamento do caso.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar