Weintraub se revolta com crime chocante de estupro e clama pela pena de morte no Brasil

Ler na área do assinante

Nesta sexta-feira (26), Abraham Weintraub, ex-ministro da Educação, usou sua conta no Twitter para demonstrar sua indignação com uma crime chocante e aproveitou para questionar alguns pontos da legislação brasileira.

O crime aconteceu em Belo Horizonte. Weintraub compartilhou a notícia:

“Menina de 11 anos é estuprada por quatro garotos em Belo Horizonte.
Uma menina de 11 anos foi estuprada por quatro garotos, dois de 13 anos e dois de 12, na Região Norte de Belo Horizonte. Os pais da criança procuraram a polícia após receberem o vídeo do crime por Whatsapp, segundo a Polícia Militar”.

Revoltado com a notícia, o ex-ministro questionou a cláusula pétrea da Constituição Federal de 1988:

“Um adulto organizou, filmou e divulgou o vídeo. O monstro deveria ser julgado, condenado e executado. ‘mas a Constituição não permite, é cláusula pétrea...’ mudem essa Constituição que não representa os valores dos brasileiros. Queremos PENA DE MORTE!”, publicou ele, ao legendar a notícia.

Os internautas também deixaram suas opiniões na postagem:

“Apoiado. E para ontem”, escreveu um.
“PENA CAPITAL SERIA UMA BOA...” respondeu outro.
“Sim! O povo brasileiro quer pena de morte!”, confirmou outro internauta.

Sem dúvida é um caso para muita reflexão e atitude.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar