Direto do Ceará, Bolsonaro detona restrições e promete: “Governador que destrói emprego, deve bancar o auxílio” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A visita do presidente Jair Bolsonaro ao Estado do Ceará foi muito importante.

Além dos anúncios da volta de obras que estavam paradas há anos, o presidente aproveitou para tecer fortes críticas aos governadores que estão tomando medidas restritivas extremas.

Segundo Bolsonaro, o mandatário que tomar medidas de restrição de atividades é quem deve bancar o benefício do auxílio emergencial.

“O auxílio emergencial vem por mais alguns meses e daqui para frente o governador que fechar seu Estado, o governador que destrói emprego, ele é que deve bancar o auxílio emergencial. Não pode continuar fazendo política e jogar para o colo do presidente da República essa responsabilidade”, afirmou.

O presidente disse mais:

“Esses que fecham tudo e destroem empregos estão na contramão daquilo que seu povo quer. Não me critiquem, vão para o meio do povo, mesmo depois das eleições.”

E finalizou:

“O povo quer trabalhar. Esses que fecham tudo e destroem empregos estão na contramão daquilo que o seu povo quer.”

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar