Conselho de Ética se reúne na terça para decidir o futuro de Daniel Silveira

Ler na área do assinante

O Conselho de Ética da Câmara, sob comando de Arthur Lira (PP-AL), volta a se reunir na próxima terça-feira (9), para debater sobre os relatórios que envolvem a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). O parlamentar foi preso dia 16 de fevereiro por postar vídeo em suas redes sociais, criticando os membros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Há dois processos na Câmara contra Silveira: o primeiro foi movido pelo presidente do PSL, Luciano Bivar, partido a que o deputado pertence, por, supostamente, o parlamentar ter gravado e divulgado uma reunião interna da sigla. O segundo é deste ano e foi iniciado por PSOL, PT, PSB, PDT, PC do B e Rede, relativo aos motivos que desencadearam a prisão de Silveira.

A expectativa é que os processos de Daniel sejam arquivados como o Conselho de Ética fez com os casos envolvendo os deputados Carlos Jordy (PSL-RJ) e Bino Nunes (PSL-RS).

Jordy foi acusado pelo partido de atacar a honra dos colegas em rede social. Mas, ele argumentou que não houve nenhum comportamento incompatível com a conduta de um deputado e apontou uso político do colegiado da Câmara.

Nunes também foi acusado pelo mesmo motivo. Porém, esclareceu que as divergências com membros do próprio partido foram superadas em reunião recente.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: JPNews

da Redação
Ler comentários e comentar