Homem que incitou a morte de Bolsonaro é preso, mas Justiça manda soltá-lo

Ler na área do assinante

O juiz federal Lincoln Rodrigues de Farias concedeu, nesta quinta-feira (4), liberdade provisória ao jornalista João Reginaldo da Silva Júnior, 24 anos, que havia sido preso, nas primeiras horas da própria quinta, em Uberlândia – Minas Gerais, acusado de planejar a morte do presidente Jair Bolsonaro, no Twitter.

Sabendo que o chefe do Executivo faria uma breve passagem pela cidade naquele dia, a pedido do prefeito Odelmo Leão (PP), o comunicador escreveu nas redes sociais:

“Gente, Bolsonaro em Udia amanhã… Alguém fecha virar herói nacional?”. Em post posterior ele ainda disse: “Atualização: o (governador Romeu) Zema estará também. Olha a oportunidade aí, meus amigos”.

Ele foi detido pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e o caso foi remetido à Polícia Federal (PF), que continua investigando para identificar outras três pessoas que fizeram publicações ameaçadoras ao presidente.

A defesa de João Reginaldo disse que o jornalista não vai se manifestar.

O serviço de inteligência da PM classificou o tuíte como “propaganda e incitação à prática de crimes contra a integridade física e a vida” do chefe do Executivo.

Ao prestar depoimento, o homem afirmou que o post não tinha conotação ameaçadora, apenas humorística. Ele negou ser integrante de qualquer movimento político ou estudantil.

Após Bolsonaro deixar a região, João Júnior teve a liberdade concedida. O alvará de soltura foi expedido pela Justiça e cumprido após as 18 horas.

O profissional de imprensa “trancou” suas redes sociais e bloqueou acesso ao seu perfil na internet.

A defesa dele disse que o jornalista não vai se manifestar.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar