Governo suspende aprovação de projetos da Lei Rouanet em cidades que decretarem lockdown

Ler na área do assinante

A Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, que é subordinada à Secretaria Especial de Cultura, informou, nesta sexta-feira (5), que vai suspender a análise de projetos via Lei Rouanet em cidades e estados que estejam com restrições de circulação e de atividades econômicas contra a Covid-19.

A determinação foi assinada por André Porciúncula, chefe da área. Ele afirma que só serão avaliados projetos que “envolvam interação presencial com o público, cujo local da execução não esteja em ente federativo em que haja restrição de circulação, toque de recolher, lockdown ou outras ações que impeçam a execução do projeto”.

A medida tem validade de 15 dias, contando a partir desta sexta, podendo ser prorrogada ou suspensa.

No Twitter, Porciúncula reforçou a decisão e afirmou:

“Como querem realizar eventos com restrição? Sejam, minimamente, coerentes! Se é para ficar em casa, então não tem verba pública para projetos que geram aglomeração”, disparou na mensagem.

E completou:

“Não entendi, não é para ficar em casa? Como querem que aprovemos propostas que geram aglomeração?”, indagou.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Estadão

da Redação
Ler comentários e comentar