Bruna Marquezine “surta” nas redes sociais e tenta lacrar em cima de Bolsonaro

Ler na área do assinante

Outra atriz global, desta vez, a jovem Bruna Marquezine perdeu o controle emocional na internet e tentou “lacrar” em cima do presidente Jair Bolsonaro, criticando, veementemente, a atuação dele no combate da pandemia da Covid-19 no Brasil.

Em suas redes sociais, Marquezine cita um suposto atraso na vacina contra o coronavírus.

Para criticar o presidente, Bruna Marquezine retuitou um vídeo do youtuber “infantil” Felipe Neto, no qual Bolsonaro ironiza as cobranças descabidas por mais imunizantes.

“Tem idiota que a gente vê nas mídias sociais, na imprensa. Vai comprar vacina só se for na casa da tua mãe. Não tem vacina para vender no mundo”, disse o presidente. Descontrolada, a atriz escreveu: “Desgraçado”.

Ela também compartilhou uma série de trechos de vídeos – compilado por Felipe Neto – “comprovando” que Bolsonaro nega a importância da vacinação em massa no Brasil e, mais uma vez, ofendeu:

“Desgraçado.”

Até o dia 16 de fevereiro, o Brasil ocupava a sexta colocação entre os países que mais aplicaram doses de vacinas contra o novo coronavírus, segundo dados disponíveis na plataforma “Our World in Data”, da Universidade de Oxford.

De acordo com o site, cerca de 5,3 milhões de doses já foram administradas no Brasil. Em primeiro lugar, aparecem os Estados Unidos (52,9 milhões). Em seguida, vem China (40,5 milhões), Reino Unido (15,8 milhões), Índia (8,72 milhões) e Israel (6,6 milhões).

O que chama mais atenção é que países que começaram a imunização antes do Brasil — como Alemanha, Rússia, Itália, França e Espanha — aparecem atrás dele no ranking.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar