Pelo 2º ano consecutivo, Guedes age e antecipa 13º salário de aposentados

Ler na área do assinante

Na última sexta-feira (05), o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o governo federal já se decidiu pela antecipação do 13º para os aposentados do INSS.

A medida, que vinha sendo estudada pela equipe econômica como umas das possíveis formas de garantir assistência financeira ao principal grupo de risco da pandemia, os idosos, já havia sido executada no ano passado, e deve ocorrer nos mesmos moldes este ano.

“O abono salarial já foi antecipado. Agora, assim que aprovar o orçamento, vai ser antecipado o décimo terceiro justamente dos mais frágeis, dos mais idosos, como fizemos da outra vez”, disse o ministro.

No ano passado, os beneficiários do INSS tiveram o décimo terceiro antecipado para abril como medida de ajuda à população mais afetada pela pandemia de covid-19.

O benefício normalmente é pago em duas parcelas iguais, uma em agosto e a outra em novembro. No ano de 2020, o valor foi antecipado e pago integralmente no primeiro semestre,

Também está sendo estudada a volta do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (Bem), que no ano passado celebrou mais de 20 milhões de contratos de suspensão ou de redução de jornada e salários.

“O Bem, que é o programa de preservação de empregos, já estão sendo disparadas as novas bases. Então, tem mais coisa vindo por aí”, anunciou Guedes.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar