Em São Paulo, povo se reúne em frente a mansão do governador e não perdoa: “Fora Doria” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Neste domingo (7), um enorme grupo de pessoas se reuniu em frente à mansão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), para manifestar repúdio com o recente lockdown imposto por ele em todo o estado.

O evento contou com a participação de comerciantes e tem sido frequente os moradores de São Paulo protestarem contra o tucano. Na manhã de sexta-feira (5), caminhoneiros fecharam as principais vias de acesso à capital e, à noite, pessoas se reuniram nas avenidas do centro, repudiando as medidas restritivas de Doria. Carros que passavam pelo local participaram do evento fazendo um “buzinaço”.

São Paulo entrou na fase mais rigorosa de todas, a vermelha, no sábado (6). A ação, de acordo com o Governo Estadual, é necessária para conter o avanço do número de casos e mortes envolvendo a Covid-19. A restrição vai até o dia 19 de março, mas pode ser prorrogada.

Só estão permitidos de funcionar setores da saúde, transporte, imprensa, padarias, mercados e farmácias, escolas e atividades religiosas. Todo o resto permanece fechado.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar