Dona de agência de checagem agora é ré por difamação e concorrência desleal em queixa crime apresentada pelo JCO

Ler na área do assinante

Não é de hoje que o JORNAL DA CIDADE ONLINE vem sendo vítima da mais ampla censura e de campanhas difamatórias massivas.

E, como se não bastasse, há algum tempo atrás, o JCO também se tornou alvo da autointitulada Agência de checagem "Aos Fatos” que corroborou para esse cenário absurdo de ilicitude e abusos contra um veículo de comunicação que conta com mais de 4 décadas de tradição.

Conforme já publicado, há não muito tempo atrás a jornalista Tainá Nalon, proprietária da Agência de Checagem “Aos Fatos” criou uma matéria com o seguinte título: "Rede de desinformação do 'Jornal da Cidade Online' irriga site de viúva de Ustra", fazendo graves e inverídicas acusações de que o JCO fazia parte de uma “rede articulada e financiada por um site denominado Verdade Sufocada”, mesmo não havendo quaisquer provas ou mínimos indícios a respeito.

Por força destas e de outras várias mentiras e difamações cometidas pela Aos Fatos, o Jornal da cidade Online ajuizou três ações contra a empresa e sua jornalista, inclusive uma queixa-crime por difamação qualificada e crime de concorrência desleal (art. 195, incisos I, II e III da Lei Federal nº 9.279/96).

Após uma longa batalha para localizar o endereço da agência e sua proprietária (pasme, dona da agência que se intitula detentora da verdade faz de tudo para se esconder) para fins de intimação e citação, o juiz do caso rejeitou a queixa-crime, sem sequer citar a responsável.

Inconformado e acreditando na justiça, o Jornal da Cidade Online recorreu da decisão, e em acórdão unânime, reformou a decisão de primeiro grau. Assim foi determinado o recebimento da queixa-crime, com isso, a proprietária da agência de checagem, Tainá Nalon, responderá processo criminal, através do qual será apurada a prática dos crimes de difamação qualificada com aumento de pena e concorrência desleal.

Dizem que contra fatos não há argumentos.

Para o Jornal da cidade Online, contra a Aos Fatos, sempre haverá a JUSTIÇA, sobretudo nestes tempos estranhos, onde quem se auto intitula “jornalista validador da verdade” se torna réu por mentir, difamar e concorrer de forma desleal.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar