Frota se nega a pagar indenização e deve ter CPF restrito e bens penhorados

Ler na área do assinante

Em novembro de 2020, o deputado federal Alexandre frota foi condenado a pagar uma indenização de R$ 60 mil ao compositor Caetano Veloso, após chamá-lo de "pedófilo, ladrão e estelionatário" nas redes sociais.

Porém, até o momento Frota não efetuou o pagamento e, agora, tem o prazo de 15 dias para pagar o valor corrigido, que é de R$ 94.457,31.

O prazo foi estipulado pelo juiz Rossidélio Lopes da Fonte e a decisão prevê, também, a aplicação de multa de 10% e, caso o parlamentar não realize o pagamento, terá seu nome incluído na lista de devedores do Serasa e poderá ter seus bens penhorados.

Frota certamente não vai pagar a dívida e, há quem diga que jamais irão achar bens em nome do ilustre deputado.

Quanto ao nome no Serasa, informações dão conta que Frota já frequenta essa lista há muito tempo...

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar