Deputado critica o "tranca tudo": “Não vejo como essas medidas vão, de fato, trazer algum resultado” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O Manhã de Notícias de quarta-feira (17) recebeu o Deputado Estadual pelo Rio de Janeiro, Alexandre Freitas (NOVO), para conversar sobre o lockdown e a situação dos gastos públicos por parte de governadores e prefeitos ao longo da pandemia da Covid-19.

“Eu, como liberal, eu olho com bastante reticência quando vejo uma ação estatal centralizada e bastante simplória para um problema complexo que é a taxa de transmissibilidade do vírus. Eu não vejo como essas medidas vão, de fato, trazer algum resultado”, afirmou o deputado logo no início da entrevista.

De acordo com Freitas, os deputados fizeram um ofício ao prefeito Eduardo Paes e ele respondeu, basicamente, que não havia nenhum suporte científico para o lockdown.

O parlamentar se mostrou bastante cético sobre essas decisões que, em sua opinião, parecem agravar mais o problema do que trazer solução.

Ele comentou sobre as investigações a respeito dos hospitais de campanha, trazendo informações dos profissionais que atuaram na base instalada no estádio do Maracanã.

“As pessoas morriam não por causa da Covid. Mas por causa do erro médico, por causa da má assistência”, ressaltou Freitas, que acredita que esse fator precisa ser considerado sempre, “especialmente pela população que vai ser atendida pelo sistema público de saúde”, complementou.

Além de falar sobre os abusos por parte de gestores públicos, Alexandre Freitas também abordou o atual cenário político brasileiro. Para ele, ainda não tivemos uma quebra do regime democrático, apesar de enxergar que excessos têm sido cometidos.

Trazendo muitas informações sobre o Estado do Rio de Janeiro, o parlamentar fluminense faz parte da comissão que irá julgar o governador afastado, Wilson Witzel. Ele lamentou que existam políticos se valendo de um momento de tamanha fragilidade para atos de corrupção para com o povo, principalmente em uma situação de pandemia.

Coerente, ele não concorda com a postura de Romeu Zema, governador de Minas Gerais e seu correligionário, que, na última semana, colocou o estado na Fase Roxa, impondo medidas severamente restritivas à população mineira.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar