O "caos" em Ribeirão Preto: Mercados fechados e o povo desesperado

Ler na área do assinante

O prefeito Duarte Nogueira (PSDB) decretou um confinamento que teve início na última quarta-feira (17), e será mantido por 5 dias, até domingo (21).

Nesses dias, apenas serviços considerados emergenciais estarão funcionando.

Supermercados, padarias e açougues só podem atender no sistema de entrega à domicílio. Restaurantes só podem funcionar com delivery e devem reduzir a capacidade de funcionamento em 50%.

Os postos de combustíveis seguem em funcionamento, mas com redução de horário. Algumas atividades industriais, em que a paralisação acarretaria danos ou perecimento de produtos, mantem as atividades, mas com redução de produção de funcionários.

Transporte de mercadorias, autoatendimento em agências bancárias e transporte por aplicativos ou táxis continuam com as atividades, mas o transporte público ficará suspenso enquanto durar a medida.

As demais atividades comerciais, de prestação de serviços e industriais estão proibidas.

A circulação de pessoas nas ruas está proibida, é só será permitida quando for extremamente necessária, como para compra de medicamentos, atendimento médico ou trabalho permitido pelo decreto, e a necessidade deve ser comprovada por meio de documentos.

Um verdadeiro "caos" na cidade!

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar