Faltava fermento no bolo do sistema... Faltava! A mídia do futebol entrou em campo...

Ler na área do assinante

O sistema contra o país com o objetivo de desqualificar, minar e derrubar o governo Bolsonaro é bruto, sistemático e amplo. A pandemia é só uma ferramenta que utilizam sem o menor pudor. Mortes, ah, as mortes que se lasquem, o povo que se lasque, o sistema quer é mais!!!

A mídia esportiva foi acionada pelo sistema, e de forma contundente vem apresentando o seu “trabalho”. Passaram, como numa orquestra, a vomitar o que o sistema pede.

A minha crítica a eles não é meramente casual, mas para expor a indignação com que o povo brasileiro vem sendo solapado por todos os lados. Faltava a turma do futebol, né? Não falta mais!

Assistir Paulo Calçade, Mauro Naves, Casagrande, Paulo Andrade, Benjamim Back, João Guilherme, Neto, Leonardo Bertozzi, e tantos outros (e observem que atuam em diversos canais), dá uma vergonha, uma sensação de que eles se vendem, ainda que muitos sejam discípulos dos esquerdistas natos da mídia esportiva brasileira, como o Juca Kfouri e José Trajano.

A mídia esportiva veio para funcionar como um fermento (afinal, para o povão, futebol é futebol, não é mesmo?) neste bolo envenenado que o sistema a cada momento bate, coloca no forno, e que nunca fica no ponto para atender suas prioridades e objetivos. O pessoal da imprensa esportiva é só mais um ingrediente da receita.

De repente, não mais do que de repente, passaram a clamar por vacinas, máscaras, distanciamento, ciência, a destacar número de mortes, internações, entubados, enfim, inserem o tema como se fosse um princípio esculpido pelas reuniões de pauta que antecedem cada programa. Muitos, maliciosamente, propositalmente, e num acometimento de atrevimento, deixam transparecer, insinuando por um culpado. Não precisa nem falar quem...

Não se vê um deles apresentar um pingo de indignação com os governantes que estão oprimindo o povo, massacrando a gente brasileira. Não se opõem, pelo menos publicamente, com a roubalheira na gestão de prefeitos e governadores. Sequer mostram irritação com a atuação da “justiça”, com a hipocrisia de artistas, com o jornalismo barato, e muito menos com os ataques à soberania brasileira. Verdadeiros macacos de auditório.

Das tantas asneiras que tenho ouvido, vou pinçar duas pérolas para ilustrar o tamanho da verborragia desse pessoal.

O ex-jogador Neto, apresentador da Band, que naturalmente já fala gritando, achando que assim impõe algum respeito, num determinado dia, berrando, sim, aos berros, a ponto de quase perder a sonoridade das palavras, disse: “...que venda a Petrobrás, venda a Amazônia, mas compre vacinas...” É coisa de retardado!

Já na ESPN, depois de um coro bem ensaiado por quatro ou cinco vozes que participavam de um programa esportivo, onde estes alisavam o próprio ego, para “elogiar” o lamentável pedido do técnico do América Mineiro, conhecido por Lisca doido, num tom que mostrou que está mais aterrorizado do que consciente, chegou a vez do Leonardo Bertozzi, que num dado momento, endossou tudo ao dizer que devemos obedecer os governantes. Lastimável!!!

E para não perder o bonde, visto que estamos falando do sistema, não custa ficarmos atentos. A narrativa agora, há dois, três dias, é (ouvi isso na mídia suja): O POVO ESTÁ COM FOME!!! Não vi em outros canais (ainda), mas a globoLixo e a bandLixo lançaram campanhas pedindo que o povo doe alimentos para quem está com fome, arrolando nisso, pessoas “famosas” para falar com o público.

Patético!!! Pois bem, não param por aí... Essa campanha hipócrita não é nada. Os sacripantas nem disfarçam para ignorar as covardias que prefeitos e governadores fazem com os trabalhadores brasileiros. Associam a fome do povo à demora para o governo federal liberar o auxílio emergencial. É mole???

O brasileiro, mesmo os mais fortes, tem que rezar muito!!!

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Ler comentários e comentar