Exército quer que militares parem de usar o Whatsapp

Ler na área do assinante

O comando do Exército Brasileiro está recomendando que os militares substituam o aplicativo de mensagens Whatsapp pelo Signal.

A informação é do colunista da Época, Guilherme Amado. Ele afirma que a recomendação é migrar mesmo para o aplicativo Signal, que possui menos vulnerabilidades que o Whatsapp. Inclusive, o “zap” não deve mais ser usado em conversas entre oficiais de alta patente.

O Signal é um mensageiro privado, famoso por ter sido usado pelo ex-analista da CIA, Edward Snowden. Sua criptografia é considerada uma das mais complexas do mundo e não existem anúncios dentro da plataforma.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Época

da Redação
Ler comentários e comentar