Jogador quase chora ao falar sobre a falta de salários por conta do lockdown (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar as medidas extremas de distanciamento social impostas por governadores e prefeitos de todo o país.

Em vídeo publicado nas redes sociais, no sábado (20), ele compartilhou a declaração do goleiro “Marcão”, capitão do time do Sergipe, opinando sobre as consequências econômicas para os pais de família de todo o Brasil em virtude das severas regras de isolamento.

Questionado sobre a relação da pandemia e a ausência dos jogos de futebol para os jogadores e suas famílias, o atleta foi enfático em dizer que discorda dos lockdowns adotados pelos Estados brasileiros.

“É muito delicado falar isso porque quem tem um salário alto, está na primeira divisão, segunda divisão, recebe em dia.. É muito fácil falar pra parar o campeonato. A gente que joga numa divisão na série D, tem jogadores que, o ano passado, passaram fome, cara, família deles passando fome. Se não fosse a ajuda de outras pessoas...”, desabafou o atleta, respirando fundo, para não chorar.

E completou:

“Eu sei que é uma situação delicada no país. Lamento pelas mortes... A gente torce que a vacina chegue logo para que possa liberar o público no estádio. Mas, eu não concordo com a paralisação do campeonato em si, justamente, por causa dessa situação. Porque tem muitos jogadores de times pequenos que precisam muito disso aqui”, explicou.
“E não é só jogadores! Tem muita gente que é envolvida no futebol, que são os funcionários dos clubes: roupeiros, massagistas, que ganham pouco, que precisam disso aqui. Ano passado, passamos por uma situação de quatro meses sem receber salário. Quem tá em time grande ganha 100, 150 mil (reais) e consegue manter isso tranquilo. Mas e nós? Nós que ganhamos aqui pouco mais de salário mínimo. A gente sofre, cara, a gente sofre muito. Muito mesmo”, lamentou o goleiro, novamente, quase em lágrimas.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar