Zanin e Gilmar, gramscismo castiço, aplicado na veia

Ler na área do assinante

Cristiano Zanin foi repentinamente alçado ao padrão de o que é ser um exemplo de advogado, no Brasil. Ele transformou-se no ideal da advocacia, no modelo de como se deve advogar. Graças à “homenagem” do Gilmar Mendes no final do julgamento.

Um país onde já teve tantos ilustres advogados, cujos nomes nem precisam ser aqui citados, agora tem que conviver com o Dr. Zanin como o verdadeiro “padrão da raça” na profissão, servindo de modelo, nos dizeres do juiz do STF.

Não basta dar a decisão favorável a Lula. O serviço deveria ir além: teria que necessariamente afagar o ego do seu advogado, e transformá-lo em um ícone. Reescreveu-se a história, criaram-se vilões, mocinhos, e mártires, e confundiu-se todos.

“Ressignificação” pura. Gramscismo castiço, aplicado diretamente na veia!

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Ler comentários e comentar