Canal de Suez entra no 5° dia bloqueado, Síria já raciona combustível e milhares de animais podem morrer nas embarcações paradas

Ler na área do assinante

O navio porta-contêineres Ever Given, um dos maiores do mundo, continua encalhado no Canal de Suez após cinco dias. As autoridades esperavam que a maré alta e os esforços de dragagem pudessem retirar o gigante dos mares. Porém, o leme e a hélice da embarcação permanecem travados no local.

A Síria, país vizinho, já sofre com um racionamento de combustível, já que outros navios não conseguem entrar no porto para desembarcar produtos. Na fila de espera, já estão 326 navios aguardando trânsito.

O Ever Given encalhou no canal egípcio na terça-feira (23) após ser pego por ventos de 40 nós e uma tempestade de areia. As autoridades também estão investigando possíveis erros humanos ou técnicos.

O grande problema é que o canal é uma das vias navegáveis mais movimentadas e importantes do mundo e pode ocasionar incalculável impacto nas já esticadas cadeias de abastecimento globais, com interrupções aumentando a cada dia que passa.

As dragas têm trabalhado para remover grandes quantidades de areia e lama do lado de bombordo da proa do navio de 224.000 toneladas.

Quase 9.000 toneladas de água foram removidas do navio com a dragagem ocorrendo durante a maré baixa, enquanto 14 rebocadores trabalharam durante a maré alta. As equipes de resgate conseguiram reiniciar temporariamente o leme e as hélices na noite de sexta-feira, antes que a maré baixa paralisasse seus esforços, disse ele.

Dois rebocadores pesados adicionais são esperados para chegar ao Ever Given "provavelmente no início da noite" deste domingo (28). Juntos, eles podem rebocar 400 toneladas.

Espera-se que a força de tração extra dos dois rebocadores combinada com a dragagem, uma maré alta de 40 a 50 centímetros e a "força de alavanca" da popa do navio sendo relativamente livre possam ser suficientes para arrancar o navio de contêineres.

Enquanto isso, bilhões de dólares em cargas vitais e produtos sensíveis estão acumulados nas centenas de navios cujo caminho está bloqueado. Cerca de uma dúzia deles carrega gado. Os animais correm risco de morrer se a situação não for resolvida nos próximos dias.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: CNN

da Redação
Ler comentários e comentar