Polícia bate cedo na Câmara de CG a procura de documentos e do diretor da casa

A Câmara Municipal de Campo Grande, detentora atualmente da pior legislatura de toda a sua história, enlameada por uma plêiade de vereadores medíocres e desonestos, viveu nesta quinta-feira (19) mais uma experiência triste com a polícia.


Desta vez o alvo foi o diretor da casa, André Scaff, que durante a gestão infame do pastor Olarte ocupou o cargo de secretário de obras, por indicação do vereador Mario Cesar, outra figura perniciosa que tem sido motivo de vergonha para a cidade.

O diretor, além de sua atuação irresponsável e insana a frente das finanças do município, foi flagrado em conversas comprometedoras com o empresário João Amorim.

A polícia levou inúmeros documentos, em cumprimento a mandado de busca e apreensão.

A Câmara Municipal de Campo Grande infelizmente é uma grande piada. Já tivemos na história da cidade formações legislativas ruins, inexpressivas e descomprometidas com a população, mas nunca nada que se assemelhasse a atual composição.

Lamentável!

Livia Martins

Liviamartins.jornaldacidade@gmail.com

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco MS