Digno, Ernesto Araújo não caiu... Pôs o cargo à disposição do Brasil

Ler na área do assinante

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, escreveu uma emocionante carta de demissão, nesta segunda-feira (29), explicando o motivo da sua saída.

“Endereçada”, especialmente, aos opositores do Governo Federal que, nas últimas semanas, fizeram “coro” sem fundamento para a exoneração do ministro; o ex-chanceler afirma que pôs o cargo à disposição “em benefício do projeto de transformação nacional” encabeçado pelo presidente Jair Bolsonaro.
“Infelizmente, neste momento da vida nacional, a verdade não importa para as correntes que querem de volta o poder”, escreveu no documento.
“Esse poder que, durante as décadas em que o exerceram, só trouxe ao Brasil atraso, corrupção e desgraça”, afirma.

Confira a íntegra do documento:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar