Samura, líder da maior organização de tráfico de drogas do Paraguai, é preso pela PF em Sinop (MT)

Ler na área do assinante

A Polícia Federal (PF) prendeu, na segunda-feira (29), o narcotraficante Jorge Teófilo Samudio González, conhecido como “Samura”, um dos criminosos mais procurados no país vizinho, o Paraguai.

O criminoso havia sido preso em 2018 por autoridades do Paraguai. Mas, em 2019, foi resgatado de um presídio em uma ação violenta, que terminou com a morte de um policial e, desde então, estava desaparecido.

Ele foi detido no município de Sinop, no norte do Mato Grosso, em operação da PF brasileira em cooperação com a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad). No momento da prisão, ele portava arma de fogo e usava documento falso.

Samura era líder da maior organização criminosa de tráfico de drogas e armas do seu país e tinha fortes conexões com o Comando Vermelho, no Rio de Janeiro. Ele atuava, diretamente, no envio de grandes carregamentos de cocaína para o Brasil e comandava um esquema de lavagem de dinheiro no país vizinho. O traficante também fornecia armamento à organização criminosa carioca.

Ele usava propriedades rurais em solo paraguaio como estrutura logística para aterrissagem e decolagem de pequenas aeronaves carregadas com cocaína e armas.

O mandado de prisão preventiva para extraditá-lo foi emitido pelo Supremo Tribunal Federal e cumprido pela PF em Mato Grosso.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Oeste

da Redação
Ler comentários e comentar