Aos gritos, Rosário "surta", é calada por Bia Kicis e Eder Mauro sugere “médico” para a petista (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Maria do Rosário, deputada federal do PT conhecida por defender presidiários, impor ideologia de gênero e as bandeiras comunistas e socialistas, teve um novo “surto”.

Durante reunião na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a petista voltou a usar de seu “palanque” político para atacar o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, mas foi “calada” por Bia Kicis, presidente da CCJ.

O deputado federal Delegado Eder Mauro não deixou barato e tratou de colocar Maria do Rosário em seu devido lugar.

“Eu não vou chamar um médico para a Maria do Rosário porque ela não está no Plenário. Não sei se ela está na casa dela, mas gostaria que encaminhasse um médico pra ela", detonou o delegado.

E disse mais:

"Já chegou o remédio da Maria do Rosário? Ela continua esbravejando!"

Aos gritos, a petista voltou a demonstrar todo o seu despreparo para o exercício do mandato..

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar