Quem é o "canalha"? Ciro tenta "censurar" matéria que denuncia "esquema", sofre derrota e terá que pagar custas

Ler na área do assinante

Ciro Gomes, ex-candidato à presidente, acaba de receber a notícia de que, além de perder o processo que movia contra os jornalistas Nonato Viegas e Hugo Marques, e o respectivo veículo em que trabalhavam, ainda terá que pagar os honorários de sucumbência no valor de R$ 13.100,00 aos advogados da parte vencedora.

O processo era um pedido de indenização por danos morais, ao qual Ciro deu entrada após uma reportagem intitulada "O esquema cearense".

A matéria noticiava que a Procuradoria da República estava investigando um esquema de extorsão contra empresários do estado e que um ex-tesoureiro do Pros, Niomar Calazans, implicava Ciro. A reportagem citava, ainda, que o esquema era utilizado para financiar campanhas eleitorais e que Ciro e seu irmão, Cid Gomes, haviam comprado o controle do partido no Ceará, durante as eleições de 2014, por R$ 2 milhões.

Segundo Ciro, as alegações foram "levianas, ofensivas e inverídicas" e que, sem provas, a revista jamais deveria ter publicado o texto.

O pedetista declarou, ainda, que a data da publicação, época do início do período de horário eleitoral na televisão e no rádio, deixava claras indicações de que a intenção era a de prejudicar a sua candidatura nas eleições presidenciais que estavam ocorrendo. As alegações de Ciro eram de que os jornalistas teriam extrapolado a liberdade de imprensa visando "atacar, ofender e manchar, de forma falaciosa e irresponsável" a sua reputação, vinculando-o "de forma inverídica" aos escândalos da Lava Jato.

Porém, o juiz Rogério de Camargo Arruda, da Justiça de São Paulo, ao analisar o caso, declarou, em sua sentença, que a publicação não extrapolou o direito de informar, destacando que os fatos são de interesse público.

O magistrado disse, ainda, que a reportagem foi baseada em entrevistas, além das delações premiadas homologadas pela operação Lava Jato.

Ciro não pode mais recorrer da decisão, que já transitou em julgado.

Mais uma derrota acachapante!

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar