Até mesmo senadores que assinaram CPI da Covid discordam da esdrúxula decisão de Barroso

Ler na área do assinante

Não será nada fácil a instalação da CPI da Covid, determinada pelo ministro Luis Roberto Barroso.

Vários senadores que assinaram o pedido de criação da CPI estão contra a malfadada decisão monocrática.

Os parlamentares criticam a interferência indevida do magistrado do STF, além de manifestarem concordância com o que diz o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, no sentido de que uma CPI exige trabalhos presenciais que não são seguros durante o atual estágio da pandemia.

Tem senador, inclusive, que considera a possibilidade de retirada da assinatura, caso de Styvenson Valentim (Podemos/RN). Que disse o seguinte:

“Quando coloquei, não esperava que seria assim. Espera-se que o Judiciário seja imparcial, mas não é o que vemos. O próprio ministro Barroso acusa em entrevistas o presidente de defender a ditadura, de ser truculento com a imprensa", diz. "Estamos pregando 'não aglomere' e fazemos uma CPI? E CPI não é possível fazer de maneira remota, você não tem a segurança e as garantias necessárias."

E agora Barroso?

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Folha de S.Paulo

da Redação
Ler comentários e comentar