Em poucas palavras, Weintraub resume o "caos" que estamos vivendo: “O que você está tendo é uma mudança civilizatória do mundo ocidental” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista à TV Jornal da Cidade Online, Abraham Weintraub foi direto ao ponto:

“O que você está tendo é uma mudança civilizatória do mundo ocidental. Até pouco tempo atrás você tinha livre expressão, direito à livre informação, de ir e vir, direito de trabalhar, de usar um banheiro feminino ou masculino e hoje em dia é até difícil encontrar um banheiro feminino ou masculino. É tudo um só! O que o presidente está colocando é uma coisa mais na linha libertária. Nós temos o direito de fazer as nossas escolhas. Mesmo que envolva um pouco mais de risco”, ressaltou.

O advogado Arthur Weintraub lembrou que o filósofo Rousseau sempre caracterizou o Estado como um pai e que se ‘você vive na casa do teu pai, teu pai é o Estado. Você tem que obedecer a ele’.

Em relação à lei de defesa do Estado Democrático de Direito, o analista político Frederico Rodrigues comentou que se conseguirem colocar medo o suficiente na população, a população se cala. Para Rodrigues, essa lei do Estado Democrático de Direito é como passar perfume num saco de lixo.

“Infelizmente, se as pessoas tiverem medo o suficiente, acabam aceitando aquilo ali. A gente vê que essa movimentação do Arthur Lira vem justamente para tentar combater a Lei de Segurança Nacional. Esse pessoal que persegue os apoiadores do Bolsonaro, perseguem a direita no Brasil, são especialistas em usar a Lei de Segurança Nacional”, ressaltou.

Em relação às críticas do Advogado Geral da União, André Mendonça, ex-ministro da Justiça, às medidas arbitrárias de governadores e prefeitos, Abraham ressaltou que, durante a pandemia, quem já era rico, ficou mais rico e quem era classe média, agora está ‘passando fome’.

“Houve uma concentração de renda muito grande durante essa crise toda. As grandes empresas, de varejo, os grandes conglomerados, eles não foram prejudicados e em alguns sentidos eles foram até muito beneficiados.
Você tem grandes ganhadores dessa pandemia em vários aspectos. Seja o pessoal que pode ficar aberto enquanto todo mundo está fechado, consegue as liminares, consegue vender pela internet, consegue uma grande concentração de lucro e de renda. Você tem o pessoal que está exportando bastante. O país onde se originou essa crise toda está crescendo, vida normal. Não tem nada.
Essa crise foi muito dura para a classe média. A classe média está passando fome”, completou.

Confira:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário, cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar