A CPI de “Mentirinha”? (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

A CPI da Covid é para investigar a atuação do Governo Federal no combate à pandemia do coronavírus, certo? Certo! Mas, então, ela tem que começar averiguando o Supremo Tribunal Federal (STF) que impediu o Governo Bolsonaro de comandar o enfrentamento à pandemia.

“É até bom porque a ordem para instalar a CPI veio do próprio STF, em ato do próprio ministro Luis Roberto Barroso. Então, ninguém vai poder dizer que a Suprema Corte foi pega de surpresa”, ironizou o jornalista Guilherme Fiúza, em vídeo postado no YouTube, neste domingo (11).

O Governo Federal não foi impedido pelo STF de distribuir 700 bilhões de reais, em caráter de emergência, pra livrar o país do colapso e da fome.

“Esse aporte foi feito e o dinheiro chegou a quem deveria, inclusive a dezenas de milhões de pessoas que não teriam o que comer sem o auxílio emergencial”, explicou o comentarista.

A autoridade para comandar as políticas de saúde e segurança sanitária dentro desta pandemia no Brasil foi, sim, retirada do Governo Federal pelo STF. No dia 8 de abril de 2020, o ministro Alexandre de Moraes, em decisão monocrática, determinou que “não compete ao Poder Executivo Federal afastar, unilateralmente, as decisões dos governos estaduais, distrital e municipais que, no exercício de suas competências constitucionais, adotaram ou venham a adotar, no âmbito de seus respectivos territórios, importantes medidas restritivas, quarentena, suspensão de atividades de ensino, restrições de comércio, atividades culturais e circulação de pessoas, etc...”

Mas, então, por que a “resistência” insiste em afirmar que Bolsonaro é o responsável por todas as mortes de doentes da Covid-19? Segundo Fiuza, é porque eles têm o “habeas cinicus”.

“Então, fiquem à vontade”, zomba.

E completa:

“Mas, agora, com a CPI da Covid que vocês tanto queriam, não vai dar pra fingir que nada disso aconteceu. Ou vocês vão querer radicalizar o teatro?”, alerta, acrescentando que o STF embargou as ações do Governo Bolsonaro no enfrentamento à pandemia e, hoje, a Suprema Corte investiga a União por aquilo que ela mesma não permitiu o Governo fazer.
“Nada é impossível pra vocês, quando se trata de fingimento. Então, boa sorte”, finalizou o experiente jornalista.

Confira o vídeo:

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário,

cartão de crédito ou PIX.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar