Exigência popular é de demissão para ministros envolvidos na ‘Lava Jato’

O clamor popular de todos os brasileiros que foram às ruas pelo fim da corrupção e o consequente impeachment da presidente Dilma Rousseff, é no sentido de que nenhum investigado na Operação Lava Jato ocupe cargos no governo.


Mesmo que inocente, que vá e prove na Justiça, longe de qualquer cargo público, ainda mais quando obtém o maldito ‘foro privilegiado’.

Esta é a leitura que tem que ser feita pelo presidente interino, caso contrário, brevemente as pessoas de bem estarão nas ruas pedindo a sua saída, numa reedição das grandes manifestações populares que culminaram no afastamento da presidente Dilma.

A situação fica ainda mais grave e evidente, no momento que vem à tona a conversa do ministro Romero Jucá com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

Jucá reconheceu que o escabroso papo realmente aconteceu. Assim sendo, de nada mais adiantam desculpas esfarrapadas.

Machado em determinado momento da conversa assinala: ‘O Michel forma um governo de união nacional, faz um grande acordo, protege o Lula, protege todo mundo. Esse país volta à calma, ninguém aguenta mais.’

Quanta pilantragem!

O povo brasileiro não irá admitir qualquer tipo de protecionismo, muito menos a Lula.

Demissão para todos os envolvidos e fim do maldito ‘foro privilegiado’.

Amanda Acosta

redacao@jornaldacidadeonline.com.br

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Opinião